Irã

Irã

Um dos países mais repressivos para os jornalistas

Há 40 anos, o Irã é um dos países mais repressivos para os jornalistas. O controle da informação é implacável e pelo menos 860 jornalistas e jornalistas cidadãos foram presos, detidos ou executados pelo regime iraniano entre 1979 e 2019. Em um ambiente midiático extremamente controlado pelo regime islâmico, a repressão contra jornalistas, jornalistas-cidadãos e mídias independentes não dá trégua: as intimidações permanentes, as detenções arbitrárias, as condenações muito pesadas decididas após processos injustos conduzidos por tribunais revolucionários ainda fazem parte do cotidiano da imprensa iraniana. Apesar de sua resistência, essa imprensa perde os meios para exercer sua missão de informar de forma livre e independente. Os jornalistas cidadãos, ativos nas redes sociais, estão, assim, no centro da luta pela informação livre e pela mudança política no Irã.

170
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2019

Posição

-6

164 em 2018

Pontuação global

+3.70

60.71 em 2018

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2019
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2019
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2019
Ver o Barômetro