Américas
Canadá
-
Ranking 2022
19/180
Nota: 81.74
Indicador político
16
82.27
Indicador econômico
16
71.17
Indicador legislativo
33
80.26
Indicador social
6
92.00
Indicador de segurança
37
82.99
Ranking 2021
14/180
Nota: 84.75
N/A
Estes indicadores não estão disponíveis antes de 2022 em função de uma mudança metodológica

O Canadá mantém um forte compromisso com a proteção e as práticas internacionais de liberdade de imprensa, mas ainda há espaço para melhorias, principalmente no que diz respeito à cobertura midiática dos direitos dos povos indígenas e das disputas de terra.

Cenário midiático

Os dois maiores jornais do Canadá, The Globe and Mail e National Post, gozam de ampla circulação no país. A maior empresa de rádio e televisão, The Canadian Broadcasting Corporation, financiada pelos contribuintes, produz duas horas de notícias diárias – uma local e outra nacional – e possui um canal de notícias permanente. Outros meios de comunicação incluem jornais locais, a televisão a cabo e outras fontes de internet e rádio. Mais de 80% da mídia canadense pertence a apenas cinco empresas.

Contexto político

A mídia canadense geralmente não está sujeita à pressão de políticos, partidos ou movimentos políticos. Embora a emissora The Canadian Broadcasting Corporation pertença ao Estado, permanece independente em seu funcionamento. O governo reconheceu publicamente que "a liberdade dos meios de comunicação desempenha um papel importante nas sociedades democráticas e permanece essencial para a proteção dos direitos humanos e das liberdades fundamentais".

Quadro jurídico

O Canadá tem demonstrado repetidamente seu compromisso jurídico com a liberdade de imprensa, principalmente por meio de “leis de proteção” destinadas a proteger os jornalistas e suas fontes. Em algumas ocasiões, no entanto, jornalistas foram presos enquanto cobriam protestos, principalmente aqueles relacionados aos direitos indígenas e ao uso da terra.  Essas prisões demonstram a necessidade de aumentar as proteções legais para os repórteres ou de aplicar melhor as medidas atuais.

Contexto económico

O declínio nas vendas de jornais impressos, que se iniciou há mais de 10 anos, foi recentemente exacerbado pela crise de Covid-19. A indústria fez sua conversão para a publicidade e as assinaturas online, mas a queda na receita levou ao fechamento dos meios de comunicação mais modestos. O governo canadense apoia ativamente o jornalismo local por meio de uma iniciativa de financiamento de mídia local para contratação de jornalistas.

Contexto sociocultural

Embora os canadenses declarem ainda ter alguma confiança na instituição jornalística, sua confiança na mídia diminuiu. Repórteres com presença online podem ser alvo de campanhas de assédio cibernético, especialmente jornalistas do sexo feminino e pertencentes a minorias.

Segurança

No Canadá, de forma geral, os jornalistas podem trabalhar com total segurança. Contudo, aqueles que cobriram o Comboio da Liberdade de 2022 protestando contra a exigência de vacinação receberam ameaças de morte, foram cuspidos e assediados física e verbalmente. A janela de um veículo da CBC Radio Canada foi quebrada.