Governança

Conselho de Administração

O papel do Conselho de Administração é implementar as principais orientações adotadas pela Assembleia Geral. Composto por vinte e cinco administradores eleitos por dois anos por voto secreto, define os objetivos e o plano de ação da associação. Os membros do Conselho de Administração reúnem-se pelo menos quatro vezes por ano.  

Todos os membros ativos, em dia com suas quotas, podem ser candidatos ao Conselho de Administração. 

Presidente

PIERRE HASKI
Jornalista na France Inter 

Vice-presidente

FRANÇOISE SIVIGNON
Membro do Conselho Econômico, Social e Ambiental 

Tesoureiro

GÉRARD TSCHOPP 
Ex-presidente da RSF Suíça 

Escritório executivo

ANTOINE KABURAHÉ
Fundador do jornal burundês Iwacu 

PAOLA SANDOVAL
Jornalista, Presidente Honorária da Associação de Imprensa Estrangeira

ELAINE SCIOLINO
Jornalista e ex-chefe da sucursal do New York Times em Paris 

DAN SHEFET
Advogado especializado em direitos humanos na internet

Membros

MICHAEL BERGMEIJER, 
Ex-diretor geral da Reuters Europa 

ANGELA CHARLTON 
Chefe do escritório da agência Associated Press em Paris  

PHIL CHETWYND
Diretor de notícias da Agence France Presse 

ELAINE COBBE
Correspondente da CBS em Paris e representante do Dart Center 

MICHEL CORMIER
Ex-diretor geral de informação da Radio-Canada  

LOUIS DREYFUS
Presidente do Conselho de Administração do grupo Le Monde 

FRÉDÉRIC FILLOUX
Fundador da newsletter Monday Note 

ANNETTE GERLACH
Jornalista e apresentadora do canal Arte 

KADRI GURSEL
Jornalista e colunista turco 

JULIE JOLY
Diretor do Centro de Formação de Jornalistas (CFJ) 

CÉCILE MÉGIE
Diretora da Radio France International (RFI) 

PAUL MOREIRA
Fundador da agência Premières Lignes 

EYOUM NGANGUÈ
Fundador da associação Jornalistas Africanos no Exílio (JAFE) 

MARTINE OSTROVSKY
Advogada e professora de direito da mídia

MICHAEL REDISKE
Presidente da RSF Internacional e RSF Alemanha 

EDITH RODRÍGUEZ CACHERA
Vice-presidente da RSF Espanha 

ANNE-CÉCILE ROBERT
Jornalista na Le Monde Diplomatique 

ABDOULAYE TRAORÉ
Jornalista na webradio Romainville

O Conselho Internacional

Composto por seções da RSF por país, esse conselho determina as principais orientações e ações da Repórteres Sem Fronteiras Internacional. Ele se reúne três vezes por ano e aprova a prestação de contas do ano anterior, bem como o orçamento do ano seguinte.

Presidente

MICHAEL REDISKE
Presidente da RSF Alemanha

Vices-presidentes

PIERRE HASKI
Jornalista na France Inter 

EDITH RODRÍGUEZ CACHERA
Vice-presidente da RSF Espanha

Membros

FRITZ HAUSJELL 
Presidente da RSF Áustria 

ALFONSO BAULUZ 
Presidente da RSF Espanha 

ERIK HALKJAER  
Presidente da RSF Suécia 

YRSA GRUNE-LUOMA
Presidente da RSF Finlândia 

BERTIL COTTIER
Presidente da RSF Suisse 

Tesoureiro

GÉRARD TSCHOPP
Ex-presidente da RSF Suíça

O Conselho Emérito

Por meio de seus cargos e ações, os membros do Conselho Emérito da Repórteres Sem Fronteiras encarnam a luta pela liberdade de informação e pela defesa dos direitos humanos.  A vocação do Conselho Emérito é apoiar e enriquecer a luta da Repórteres Sem Fronteiras.

ROBERT BADINTER

Advogado, senador e ex-ministro da Justiça francês, Robert Badinter trabalhou toda a sua vida para promover as liberdades públicas. Figura importante na defesa dos direitos humanos, ele está na origem do projeto de lei para a abolição da pena de morte na França.  

ROBERTO SAVIANO

O escritor e jornalista italiano Roberto Saviano vive em um local não revelado desde 2006, após a publicação de seu best-seller Gomorra, no qual descreve com precisão as atividades criminosas da Camorra em Nápoles. Ele vive sob proteção policial permanente.  

MICHÈLE MONTAS

Jornalista haitiana, ela denunciou e trabalhou contra a censura sofrida pelos profissionais da informação no Haiti. Vítima de uma tentativa de assassinato em 2002, foi porta-voz do ex-secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon. 

WOLE SOYINKA

Escritor nigeriano, primeiro autor africano a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura em 1986, Wole Soyinka está envolvido na vida política da Nigéria para lutar contra a corrupção e promover os direitos humanos. Presidiu a Comunidade Cultural Africana. Em Lagos, um centro de jornalismo investigativo leva seu nome.

WU'ER KAIXI

Ele foi um dos líderes estudantis dos protestos da Praça Tiananmen em 1989. Um grevista de fome durante esses eventos, tornou-se uma figura de protesto ao se dirigir ao primeiro-ministro chinês Li Peng na televisão nacional. 

SHIRIN EBADI

Primeira juíza iraniana, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz em 2003, Shirin Ebadi é uma figura emblemática na defesa dos direitos humanos no Irã, denunciando e combatendo incansavelmente a violência e a censura. 

BALTASAR GARZÓN

Ex-juiz de investigação espanhol, contribuiu para a denúncia de crimes de guerra cometidos sob Augusto Pinochet no Chile e para a revelação de casos de corrupção, tráfico e peculato em escala internacional. Ele agora é o coordenador da equipe de defesa de Julian Assange.  

ADAM MICHNIK

Jornalista, ensaísta e historiador polonês, Adam Michnik foi uma das figuras marcantes da oposição democrática na Polônia até 1989. Hoje diretor do diário Gazeta Wyborcza, é uma figura emblemática de uma luta cultural, social e política pelas liberdades. 

TASLIMA NASREEN

Ex-médica e mulher de letras de Bangladesh que se refugiou na Índia. As obras de Taslima Nasreen denunciam as violações dos direitos fundamentais em Bangladesh, especialmente os direitos das mulheres. Seu trabalho faz parte de uma luta contra a censura de que foi vítima. 

GHASSAN SALAMÉ

O cientista político libanês, ex-ministro da Cultura do Líbano, Ghassan Salamé foi assessor especial do ex-secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan. Especialista em dinâmicas políticas e culturais no Oriente Médio, ele é um sobrevivente da explosão que atingiu a sede das Nações Unidas em Bagdá em 2003.  

EUGENIO SCALFARI

Proprietário de imprensa e ex-deputado italiano, participou na criação e desenvolvimento dos diários italianos La Repubblica e L'Espresso. Nunca parou de lutar contra a censura política, diversificando o panorama da mídia italiana.

ZLATKO DIZDAREVIC

Jornalista bósnio, Zlatko Dizdarević foi editor-chefe do Oslobođenje, cujo prédio foi destruído em 20 de julho de 1992, durante o cerco de Sarajevo. Os redatores continuaram suas atividades de informação num abrigo instalado nas adegas. Ex-diretor do semanário Svijet, foi também embaixador da Bósnia e Herzegovina na Croácia. 

MICHAELLE JEAN

Reconhecida pela diversidade de sua carreira, seja jornalística, política, diplomática ou cultural, Michaelle Jean foi Secretária Geral da Organização da Francofonia (OIF) e Representante Especial para o Haiti na Unesco. 

HORACIO VERBITSKY

Jornalista argentino, diretor do Página 12, presidente do Centro de Estudos Jurídicos e Sociais, Horacio Verbitsky milita pela liberdade de informação. Suas investigações revelaram grandes escândalos de corrupção política na década de 1990.

ALPHA OUMAR KONARÉ

Ex-presidente da República do Mali e ex-presidente da Comissão da União Africana, Alpha Oumar Konaré está muito envolvido na promoção da liberdade de imprensa no Mali. Na década de 1980, fundou e dirigiu a revista cultural Jamana, depois o diário Les Echos, antes de criar, em 1991, a Radio Bamakan, primeira rádio associativa livre do Mali.

Publié le 14.06.2017