Andorra

Andorra

Poderes que condicionam a liberdade de imprensa

Após décadas de escândalos de lavagem de dinheiro e evasão de impostos, o principado ainda está longe de perder sua  reputação de paraíso fiscal, embora não seja mais considerado oficialmente como tal pela União Europeia. O peso do setor financeiro permanece grande em Andorra e os meios de comunicação continuam condicionados pela influência onipresente de três pilares: o Estado, o setor privado e a Igreja Católica. Isso é ainda mais significativo se levarmos em conta o tamanho do pequeno país, que deixa pouco espaço para a privacidade, o anonimato e a independência dos jornalistas, três condições essenciais para a liberdade de imprensa.

Em 2020, com uma das maiores taxas de Covid-19 por habitante do mundo e restrições impostas pela França e pela Espanha, Andorra sofreu com uma crise econômica e sanitária sem precedentes. O fato de a mídia não ter sido crítica em relação à forma como o governo está lidando com a pandemia provavelmente se dá porque os maiores veículos de comunicação recebem consideráveis receitas de publicidade institucional. A relação entre o governo e a mídia em Andorra permanece pouco transparente e segue o modelo de vínculos estreitos e opacos que marcam a governança do país.

39
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2021

Posição

-2

37 em 2020

Pontuação global

+0.09

23.23 em 2020

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2021
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2021
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2021
Ver o Barômetro