Vietnã

Vietnã

Blogueiros e jornalistas independentes na linha de frente da violência estatal

Como todos os meios de comunicação do Vietnã seguem as ordens do Partido Comunista, as únicas fontes de informações reportadas sem interferência são blogueiros e jornalistas independentes, que estão sendo submetidos a formas de repressão cada vez mais ferozes. A violência policial, cometida por agentes à paisana, se multiplica. O Partido continua a justificar a prisão de profissionais da informação com a invocação do código penal - sobretudo, três artigos que preveem penas pesadas de prisão para aqueles considerados culpados de realizar "atividades destinadas a derrubar o poder do povo", "propaganda anti-estatal" ou "abuso das liberdades democráticas ". O terror se estabeleceu de forma significativa desde que a liderança do Partido foi assumida pela linha conservadora de Nguyen Phu Trong, cujo controle foi confirmado pelo Congresso Quinquenal de janeiro de 2021. Em 2020, vários membros da Associação de Jornalistas Independentes do Vietnã (IJAVN) foram presos e três foram condenados a penas que variam de 11 a 15 anos de prisão.  O vencedor do Prêmio RSF de Impacto 2019, Pham Doan Trang, também foi preso. No total, mais de trinta jornalistas e blogueiros estão definhando nas cadeias vietnamitas, onde relatos de maus-tratos são frequentes. Diante da mobilização online dos cidadãos, o governo refinou suas ferramentas de repressão. O exército organizou a Força 47, uma unidade composta por 10 mil soldados cibernéticos encarregados de defender o Partido e atacar blogueiros que divulguem vozes dissidentes na internet. Desde 2019, a lei sobre crimes cibernéticos obriga as plataformas a armazenar os dados de seus usuários em território vietnamita para entregá-los às autoridades caso estas o exijam.

175
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2021

Posição

0

175 em 2020

Pontuação global

+3.75

74.71 em 2020

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2021
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2021
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2021
Ver o Barômetro