Vietnã

Vietnã

Blogueiros e jornalistas-cidadãos diante da violência de Estado

Os blogueiros e jornalistas-cidadãos, únicas fontes de informação independentes em um país onde a imprensa está totalmente às ordens do Partido Comunista, são alvos permanente de uma repressão cada vez mais feroz. As violências policias, efetuadas por agentes à paisana, se multiplicam. O Partido continua, mais do que nunca, a justificar a prisão dos atores da informação invocando o código penal, especialmente os artigos 88, 79 e 258, que atribuem rigorosas penas àqueles que sejam declarados culpados de "propaganda anti-estado", de "atividades com o objetivo de derrubar a administração do povo" e de "abusar dos direitos à liberdade e à democracia para prejudicar os interesses do Estado". Em 2016, o jornalista-cidadão Nguyen Huu Vinh, criador do site de informação Anh Ba Sam, ou Side Walk News Agency, em referência à agência de notícias oficial Vietnam News Agency, foi condenado a cinco anos de prisão. Inúmeros outros blogueiros (como Tran Thi Nga, Nguyen Van Hoa e Nguyen Ngoc Nhu Quynh) foram presos no mês seguinte, tornando o Vietnã a segunda prisão do mundo para os jornalistas-cidadãos, depois da China.

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2017
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2017
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2017
Ver o Barômetro