China

China

China, primeira prisão do mundo para os jornalistas-cidadãos

Maior censor do planeta e predador da liberdade de imprensa, o presidente chinês Xi Jinping é o instigador de uma política que almeja o controle hegemônico da informação e a instauração de uma ordem midiática mundial fortemente influenciada pela China. Em 2015 e 2016, inúmeros jornalistas-cidadãos, blogueiros e militantes de direitos humanos, incluindo estrangeiros, foram detidos pelas autoridades e forçados a confessar. Em violação ao "direito fundamental a um processo justo", essas confissões foram, em seguida, divulgadas pelo canal de notícias do Estado, CCTV, e difundidas pela agência de notícias Nova China. Mais de 100 jornalistas e blogueiros estão atualmente na prisão. Entre eles, a conhecida Gao Yu, os repórteres e laureados do prêmio RSF pela liberdade de imprensa Lu Yuyu, Li Tingyu e Huang Qi, fundador do site de notícias 64Tianwang.

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2017
  • 2
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2017
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2017
Ver o Barômetro