Américas

Américas

Corrupção, impunidade, cibervigilância, violência institucional... No vasto continente americano, os obstáculos à liberdade de informação são de vária índole. Assim, alguns jornalistas mexicanos, hondurenhos, colombianos ou brasileiros pagam com suas próprias vidas investigações sobre a corrupção ou o narcotráfico. Outros, como em Cuba ou na Venezuela, se encontram sob a pressão permanente de governos que utilizam todos os meios disponíveis para censurar a imprensa independente. Por fim, nos Estados Unidos, os jornalistas não podem cobrir livremente os temas relacionados com a vigilância e a espionagem.

na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2018

Posição

0

em 2017

Pontuação global

0

0 em 2017

Contatos