Tunísia

Tunísia

Liberdade de informar frágil e frequentemente ameaçad

Na Tunísia, a liberdade de imprensa e a liberdade de informar foram as conquistas mais importantes da revolução. Mas, desde as eleições gerais de 2019, elas se tornaram uma questão mais do que nunca política e os parlamentares e políticos de extrema direita não hesitam mais em atacar abertamente jornalistas e comunicadores. De maneira geral, o clima de trabalho para profissionais da mídia se deteriorou significativamente.  O discurso de ódio dos parlamentares de direita contra os membros da HAICA e a violência contra os jornalistas e os meios de comunicação aumentaram.

73
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2021

Posição

-1

72 em 2020

Pontuação global

+0.08

29.45 em 2020

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2021
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2021
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2021
Ver o Barômetro