Suécia

Suécia

Título inalterado

A Suécia, o primeiro país do mundo a adotar uma lei sobre a liberdade de imprensa em 1776, permanece até hoje muito ligada aos valores da liberdade da mídia. O texto estabelece não somente a liberdade de imprensa, mas também o direito de acesso dos cidadãos aos documentos públicos com base em um princípio inovador: "o direito à informação". O ano de 2018 foi marcado por um surto de assédio cibernético contra jornalistas, especialmente aqueles que investigavam o crime organizado ou assuntos religiosos. Diante dessas ameaças, o governo sueco deu mais recursos à polícia e à justiça para combater esses novos fenômenos. Surge agora a questão da autocensura. A recente decisão de financiar o setor audiovisual público através de impostos e de deixar de cobrar uma taxa suscitou preocupações quanto à relação do serviço público sueco com o Estado e às ameaças à sua independência. Além disso, a alta concentração de mídia nas mãos de alguns novos players (empresas de TV a cabo, por exemplo) após a compra de alguns meios de comunicação causou sérias preocupações.

3
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2019

Posição

-1

2 em 2018

Pontuação global

0

8.31 em 2018

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2019
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2019
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2019
Ver o Barômetro