Petição
Por Erol Önderoglu, representante de RSF na Turquia

Petição
Por Erol Önderoglu, representante de RSF na Turquia

Petição por Erol Önderoglu, representante de RSF na Turquia

Representante de RSF na Turquia desde 1996, Erol Önderoglu foi colocado em detenção preventiva durante dez dias por um tribunal de Istambul, junto com dois colegas, a 20 de junho de 2016. Foi libertado a 30 de junho.

Erol Önderoglu, o jornalista Ahmet Nesin e a ativista dos direitos humanos Sebnem Korur Fincanci estão acusados de “propaganda terrorista” por terem participado de uma campanha de solidariedade com o diário curdo Özgür Gündem. Juntamente com outros cerca de quarenta intelectuais, foram alternando diariamente o cargo simbólico de editor-chefe do jornal, perseguido por diversas ações judiciais.

O nosso representante é processado com base em três artigos publicados pelo jornal Özgür Gündem a 18 de maio de 2016. Eles abordavam as lutas de influência entre vários setores das forças de segurança turcas e ainda as operações militares contra os rebeldes curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), no sudeste da Anatólia.

Há vinte anos que Erol Önderoglu luta sem descanso para defender os jornalistas perseguidos. Seu rigor e integridade, reconhecidos em todo o mundo, fizeram dele uma personalidade de referência nessa matéria. Atacando-o, as autoridades turcas pretendem intimidar toda a profissão jornalística do país.

Erol Önderoglu tornou-se hoje alvo dos abusos que sempre denunciou. Chegou nossa vez de mobilizar-nos em seu auxílio.

Exigimos às autoridades turcas a retirada imediata das ações movidas contra Erol Önderoglu, Sebnem Korur Fincanci, Ahmet Nesin e os restantes 34 participantes da campanha de solidariedade com Özgür Gündem.

Ler também: Erol Önderoglu, defensor incansável da liberdade de expressão na Turquia

Todas as vozes contam, atue já.

Assino a petição