Países Baixos

Países Baixos

Claro aumento de ataques a jornalistas

Pelos padrões internacionais, a mídia holandesa permanece completamente independente. O governo respeita a liberdade de imprensa nos Países Baixos e no exterior. No entanto, tendências preocupantes estão surgindo: políticos populistas extremistas estão atacando a legitimidade da mídia tradicional, e alguns governos estrangeiros estão pressionando os políticos a intervir junto a jornalistas que falaram negativamente de seus países. A nova legislação, segundo a qual cidadãos holandeses que viajam para uma área controlada por um grupo terrorista devem solicitar autorização prévia do Ministério da Justiça, foi fortemente contestada. Os jornalistas reclamam que essa lei, já adotada pela Câmara dos Deputados e atualmente sob consideração pelo Senado, viola sua liberdade de exercer sua profissão em zonas de conflito. As agressões continuam sendo uma preocupação séria. Os ataques na internet, as ameaças de morte contra jornalistas e suas famílias são frequentes. Em seu relatório “Um clima perigoso”, publicado em maio de 2019, as pesquisadoras Marjolein Odekerken e Laura Das mostraram que cerca de metade das jornalistas, e em particular aquelas de origem imigrante, sofreram violência, intimidação ou ameaças relacionadas ao seu trabalho. As autoridades holandesas tiveram um sucesso considerável em seus esforços para proteger jornalistas de tentativas de intimidação ou mesmo assassinatos cometidos por criminosos. Dois suspeitos principais, que teriam ordenado assassinatos no país e no exterior, bem como vários de seus capangas, foram presos recentemente. O sindicato do crime, considerado responsável por várias tentativas de agressão ou crimes contra jornalistas, parece ter sido desmantelado. Ainda assim, muitos jornalistas fazem uso de proteção policial.

5
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2020

Posição

-1

4 em 2019

Pontuação global

+1.33

8.63 em 2019

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2020
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2020
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2020
Ver o Barômetro