Notícia

27 Abril 2018

INFOGRAFIA. Desinformação, amplificação, intimidação: como os predadores da liberdade de imprensa operam na Internet

Os predadores da liberdade de imprensa souberam adaptar seu modelo autoritário tradicional às novas tecnologias. A Repórteres sem Fronteiras (RSF) documentou e analisou esses novos ataques online. Robotização, contas falsas, bombardeio de e-mails... Como operam esses predadores, agora conectados?

Narendra Modi, Vladimir Putin, Abdel Fattah el-Sissi ou ainda Xi Jinping... Todos esses predadores da liberdade de imprensa entenderam a vantagem de amplificar sua propaganda e desacreditar a atividade jornalística nas redes sociais, criando novas formas de censura.


Por meio de um infográfico, a RSF analisa, etapa por etapa, a estratégia e os recursos humanos e técnicos utilizados por esses predadores.


As campanhas de desinformação são assim amplificadas graças a exércitos de trolls formados por esses regimes autoritários. Às vezes, eles recebem a ajuda de pouco escrupulosas que vendem contas falsas ou bots - programas informáticos que permitem a difusão automática de um conteúdo nas redes sociais.


Depois que as mensagens de propaganda são massivamente difundidas - o que tem como consequência o afogamento do conteúdo jornalístico confiável - os exércitos de trolls lançam ataques cibernéticos contra os sites de meios de comunicação livres e as contas pessoais dos jornalistas independentes para desacreditá-los e fazer com que se calem.