Notícia

27 Março 2018

Brasil: RSF condena ataque violento contra a sede de jornal no sul do país

Um homem atirou diversas vezes contra a sede do Jornal dos Bairros do Litoral, no estado do Paraná (sul do Brasil), na segunda-feira 26 de março 2018. Não houve vítimas. A Repórteres sem Fronteiras pede às autoridades que investiguem o caso e garantam a proteção dos jornalistas da redação.

Na madrugada do dia 26 de março de 2018, um homem disparou quatro vezes contra a sede do Jornal dos Bairros do Litoral, situada no município de Paranaguá, no litoral do estado do Paraná. O ataque vem se somar a uma série de intimidações dirigidas contra o jornal, que publica regularmente notícias sobre a vida política local.


Esse ataque representa um atentado contra o conjunto da imprensa do Paraná e do Brasil, declarou Emmanuel Colombié, diretor regional para a América Latina da Repórteres sem Fronteiras. “As autoridades do estado devem levar a cabo uma investigação ampla dessa agressão e garantir a proteção dos jornalistas do Jornal dos Bairros do Litoral. Esse tipo de ataque gera um ambiente de medo e autocensura, e não pode em nenhuma hipótese ficar impune”.


Gilberto Fernandes, jornalista e diretor da redação, recebeu recentemente ameaças por telefone. Três ações judiciais foram abertas em 2016 contra o jornal, movidas pelo atual prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque. Em todos os processos, a justiça deu ganho de causa para o jornal.


No dia 15 de fevereiro de 2018, a sede da TV Bandeirantes, em Curitiba, capital do estado, foi alvo de um ataque por coquetel molotov. Um agente de segurança sofreu ferimentos leves.


Casos de violência contra jornalistas e meios de comunicação são recorrentes no país, que se encontra na 103a posição do Ranking Mundial da Liberdade de Imprensa de 2017, elaborado pela Repórteres sem Fronteiras.