Nossas datas-chave

Dia Mundial contra a Cibercensura (12 de março)

No contexto da luta por uma internet livre e acessível a todos, a RSF criou este dia mundial em 2008. Todos os anos, publicamos a lista dos “Inimigos da Internet” e atribuímos o Prêmio Net-Cidadão. Este prêmio recompensa um internauta, um blogueiro ou um ciberdissidente que tenha se destacado em atividades pela defesa da liberdade de expressão.

Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa (20 de abril)

Publicada anualmente, a Classificação avalia a situação da liberdade de imprensa em 180 países, possibilitando assim conhecer as regiões do mundo em que a liberdade de imprensa avança ou retrocede.

Dia Internacional da Liberdade de Imprensa (3 de maio)

Este dia, criado pela RSF, foi reconhecido oficialmente pela Assembleia Geral da ONU em 1992.

Prêmio RSF-TV5 Monde pela liberdade de imprensa (novembro)

Desde 1992, este prêmio anual apoia e divulga o trabalho de um jornalista ou de um veículo de comunicação. Cada galardoado recebe 2500 euros. Os jornalistas são recompensados por “seu compromisso pela liberdade de informação e pela coragem que demonstram no exercício de sua profissão”. Por seu lado, os meios de comunicação são premiados por “seu compromisso em prol da liberdade de informação, sua independência e sua contribuição ao interesse público, apesar dos riscos”.

Balanço anual das violências (dezembro)

Desde 1995, a RSF publica o Balanço Anual de ataques contra jornalistas, que se baseia em dados coletados ao longo de cada ano. A RSF realiza uma coleta minuciosa de informações que permitem afirmar com certeza, ou ao menos com uma presunção muito forte, que a detenção, o sequestro ou a morte de um jornalista são consequências diretas do exercício da profissão.