A metodologia

O peso do coeficiente apresenta os seguintes valores, baseados no tempo de encarceramento em anos:O peso do coeficiente apresenta os seguintes valores, baseados no tempo de encarceramento em anos:


A metodologia

O grau de liberdade dos jornalistas dos 180 países listados é determinado graças às respostas obtidas através de um questionário elaborado pela RSF, preenchido por especialistas da área. Soma-se a essa análise qualitativa, um balanço quantitativo dos casos de violência cometidos contra jornalistas considerando o período estudado. As temáticas sobre as quais o questionário se debruça são: o pluralismo, a independência dos meios de comunicação, o ambiente midiático e a autocensura, o quadro legislativo que rege o setor, a transparência e a qualidade da infraestrutura que sustenta a produção de informação


O questionário

Para estabelecer o Ranking, a RSF desenvolve um questionário online composto por 87 perguntas, centradas nas temáticas citadas acima. Traduzido em 20 línguas, incluindo o inglês, o árabe, o chinês, o russo, o indonésio e o coreano, o questionário é destinado à profissionais de mídia, juristas, sociólogos, entre outros especialistas da área. As respostas desses especialistas selecionados pela RSF, associadas ao balanço dos casos de violência cometidas contra jornalistas, permitem que a organização elabore um indicador.


O Balanço das agressões

Uma equipe de especialistas, dividida por áreas geográficas, monitora os casos de violência cometidos contra os jornalistas e meios de comunicação ao redor do mundo. Os pesquisadores se apoiam igualmente numa rede de correspondentes presente em 130 países. Esse balanço, que mede a intensidade dos casos de violências cometidas contra os atores da informação num determinado período de tempo, estabelece um indicador para as agressões. Esse indicador quantitativo permite ponderar a análise qualitativa da situação dos países a partir das respostas dos questionários.


Temáticas e indicadores

O questionário se baseia em diferentes temáticas, tais quais a performance de cada país em termos de pluralismo, independência dos meios de comunicação e respeito à segurança e a liberdade dos jornalistas. Cada pergunta do questionário está atrelada a seis grandes indicadores.


Pluralismo [indicador scorePlur]

Mede o grau de diversidade de opiniões representadas na mídia

Independência midiática [indicador scoreInd]

Mede o grau de independência dos meios de comunicação em relação à influência da política, do governo, dos negócios e da religião

Ambiente e autocensura [indicador scoreEA]

Analisa o ambiente no qual os jornalistas e meios de comunicação operam

Quadro legislativo [indicador scoreCL]

Analisa o impacto do quadro legislativo que rege as atividades de comunicação e de informação

Transparência [indicador scoreTra]

Mede a transparência das instituições e procedimentos que afetam a produção de notícias e informação

Infraestrutura [indicador scoreInf]

Mede a qualidade da infraestrutura que dá o suporte a produção de notícias e informação

Agressões [indicador scoreExa]

Mede o grau de violência e intimidação sofrido por jornalistas e comunicadores durante o período estudado


Cálculo dos resultados

Desde 2013, valores que variam de 0 a 100 foram atribuídos a cada país com o objetivo de melhorar o caráter informativo e comparativo do Ranking em relação aos anos anteriores (considerando 0 como o melhor quadro e 100 o pior).

A Repórteres sem Fronteiras calcula dois resultados.

O primeiro, ScoA, é baseado nos primeiros seis indicadores listados acima.

O segundo, ScoB, é baseada na soma de todos os sete indicadores, respeitando os coeficientes usados para a obtenção do resultado ScoA.

O resultado final definido para cada país é o maior entre os dois resultados. Assim, esse método evita a possibilidade de um resultado inapropriadamente baixo e altas posições no ranking para países onde existem relativamente poucos atos de violência contra jornalistas justamente porque a de produção de notícias e informação no país é altamente controlada.


As fórmulas

Cálculo dos dois resultados :

Cálculo do indicador para Agressões: :

Quanto mais tempo jornalistas e comunicadores em geral passam na prisão, mais a variável ligada ao encarceramento penaliza o país em questão.

O peso do coeficiente apresenta os seguintes valores, baseados no tempo de encarceramento em anos:


O Mapa da Liberdade de Imprensa

Por sua vez, o Mapa da Liberdade de Imprensa oferece um olhar global sobre os resultados obtidos por cada um dos países presentes no ranking. As categorias de cor no mapa são atribuídas da seguinte forma:

De 0 a 15 pontos: Boa situação (branco)

De 15.01 a 25 pontos: Situação relativamente boa (amarelo)

De 25.01 a 35 pontos: Situação sensível (laranja)

De 35,01 a 55 pontos: Situação difícil (vermelho)

De 55.01 a 100: Situação grave (preto)