Maurício

Maurício

Endurecimento da legislação sobre conteúdos online

Embora seja considerado um dos países africanos modelos em termos de democracia e respeito pelos direitos humanos, os jornalistas podem ser condenados à prisão por publicações consideradas como violações da ordem pública. Em 2018, as emendas à lei sobre informação e telecomunicações endureceram consideravelmente o arsenal legislativo. Elas agora permitem que autores de conteúdo online "que contrariem" ou "perturbem" sejam presos e podem ser usadas para intimidar os jornalistas mais críticos há poucos meses das eleições legislativas. Embora não haja um clima hostil em relação à mídia, alguns temas como turismo, corrupção, comunidades ou radicalização religiosa são difíceis de tratar ou são tabus. Em setembro de 2017, três jornalistas da L'Express foram presos pela polícia após a publicação de um caso de lavagem de dinheiro envolvendo o ex-ministro da Justiça.

58
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2019

Posição

-2

56 em 2018

Pontuação global

+2.01

26.45 em 2018

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2019
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2019
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2019
Ver o Barômetro