Iraque

Iraque

Iraque, um país mais perigoso do que nunca para jornalistas

Cobrir protestos ou investigar casos de corrupção é uma atividade de risco para jornalistas. A pressão aumentou desde o nascimento de um movimento de protesto sem precedentes em outubro de 2019. Os jornalistas que se arriscam a transmitir o descontentamento dos manifestantes podem ser perseguidos, sequestrados, atacados ou até mortos por milícias não identificadas. As ameaças chegam por todos os lados aos que insistem publicar os resultados de suas investigações. A existência de figuras políticas e religiosas intocáveis levou jornalistas a serem processados e meios de comunicação a terem suas transmissões proibidas por "ofensa a símbolos nacionais ou religiosos". Os assassinatos de jornalistas continuam impunes com investigações que, quando são abertas, não produzem resultados, segundo os familiares das vítimas. O perigo é ainda maior, uma vez que a impotência do Estado não permite determinar se essas numerosas milícias jogam o jogo do governo e se suas ações estão ligadas, ou se a situação realmente escapa ao controle do governo. As autoridades, no entanto, tomaram a decisão de proibir as transmissões ao vivo, cortar a conexão à Internet e proibir a cobertura por uma dúzia de veículos de mídia em virtude de uma decisão da agência reguladora. O projeto de lei sobre crimes cibernéticos também preocupa a profissão: prevê sentenças de prisão (até prisão perpétua) por publicações online que ofendam "a independência, a unidade e a integridade do país ou de seus interesses econômicos, políticos, militares ou de segurança", o que soa suficientemente vago para preocupar os jornalistas iraquianos e desencorajar o surgimento de uma imprensa verdadeiramente livre e independente.

162
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2020

Posição

-6

156 em 2019

Pontuação global

+2.77

52.60 em 2019

  • 3
    Jornalistas assassinados em 2020
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2020
  • 1
    Colaboradores assassinados em 2020
Ver o Barômetro