Geórgia

Geórgia

Pluralismo, mas não ainda a independência

A paisagem midiática georgiana é plural, mas permanece muito polarizada. As reformas dos últimos anos trouxeram melhorias na transparência da propriedade da mídia e no pluralismo da TV por satélite, mas os proprietários e chefes ainda costumam mandar no conteúdo editorial. É o caso do canal de oposição Rustavi 2, que mudou completamente a linha editorial depois do seu retorno a um antigo proprietário. Mudança que ocorreu também com a televisão pública local Adjara TV, que começou a apoiar o partido no poder depois que novos chefes foram nomeados e jornalistas foram demitidos. Uma tendência preocupante vem surgindo, com tentativas de interferir nos meios de comunicação por parte dos serviços de segurança e do regulador de mídia, a Comissão de Comunicação, cujas prerrogativas estão se estendendo gradativamente à vigilância e à censura. Sua plataforma chamada "Media Critic", dedicada ao exame dos conteúdos dos meios de comunicação, tende a desacreditar as publicações independentes. Além disso, ainda que a violência policial seja menos comum, os agentes que atacam jornalistas continuam agindo com total impunidade, principalmente em período eleitoral.

60
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2021

Posição

0

60 em 2020

Pontuação global

+0.05

28.59 em 2020

  • 1
    Jornalistas assassinados em 2021
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2021
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2021
Ver o Barômetro