Croácia

Croácia

A televisão pública concentra todos os males

Os jornalistas que investigam sobre corrupção, crime organizado e crimes de guerra são, com frequência, vítimas de campanhas de assédio neste país onde a difamação é criminalizada e o insulto à "República, seu emblema, seu hino nacional ou bandeira" é passível de uma pena de três anos de prisão. Mais grave ainda, desde 2013, as propostas consideradas "humilhantes" são tratadas pela justiça criminal. A interferência do governo na gestão da televisão pública HRT continua a ser um problema real e constitui um obstáculo à independência dos meios de comunicação na Croácia. A televisão HRT está claramente sob pressão política e é alvo de grupos de interesse que buscam influenciar sua linha editorial e interferir em sua gestão interna. Além disso, a Repórteres sem Fronteiras (RSF) observa que a direção da HRT continua processando jornalistas que se queixam abertamente das condições de trabalho na televisão pública e até mesmo prestou queixa contra a Associação de Jornalistas Croatas (HND). Ataques físicos, ameaças e violência cibernética contra jornalistas continuam sendo um grande problema no país.

64
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2019

Posição

+5

69 em 2018

Pontuação global

+0.09

28.94 em 2018

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2019
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2019
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2019
Ver o Barômetro