Cazaquistão

Cazaquistão

Eliminando o legado da censura

Embora Nursultan Nazarbayev tenha finalmente abandonado a presidência em 2019, após trinta anos de poder, ele permanece como o "líder da nação ” e mantém o controle sobre o futuro do país. Desde a eleição presidencial de 2019, parece ter sido alcançado um estágio de transição para a liberdade de expressão: a sociedade civil se afirma em episódios sem precedentes de protesto, a audiência e a qualidade da informação online melhoram, e o governo manifesta compromissos tímidos de conciliação para dar credibilidade ao seu discurso reformista. Por outro lado, a repressão também está se modernizando com o crescente controle da internet. Vigilância generalizada, paralisações periódicas mais "eficientes" do acesso a sites de notícias, redes sociais e serviços de mensagens, blogueiros jogados na prisão, ou até mesmo em manicômios ... Um legado de censura que é chegada a hora de eliminar.

157
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2020

Posição

+1

158 em 2019

Pontuação global

+1.29

52.82 em 2019

Contatos

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2020
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2020
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2020
Ver o Barômetro