Campanhas

29 Setembro 2020

Eleições americanas: RSF lança o #PressFreedomPact

Enquanto os dois candidatos presidenciais nos Estados Unidos se enfrentam em seu primeiro debate televisionado, a Repórteres sem Fronteiras (RSF) lança o #PressFreedomPact, uma campanha que insta os candidatos das próximas eleições de novembro a se comprometerem publicamente com a proteção da liberdade de imprensa.

Baseado nas oito recomendações para liberdade de imprensa estabelecidas pela RSF para as eleições nos Estados Unidos, o #FreedomPressPact (“Pacto pela Liberdade de Imprensa”) visa defender o papel vital da imprensa livre, pedindo aos candidatos que afirmem publicamente seu compromisso com os princípios da liberdade de imprensa, conforme estabelecido na Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos. O #FreedomPressPact é uma grande oportunidade para os líderes políticos dos Estados Unidos responderem à necessidade de proteger a liberdade de imprensa em seu país - e de dar o exemplo para o resto do mundo. 

 

“Estamos lançando esta campanha em um momento crucial, um momento em que a liberdade de imprensa nunca foi tão atacada nos Estados Unidos e no mundo, declarou a diretora de campanhas internacionais da RSF, Rebecca Vincent. Essas eleições são uma oportunidade de virar o jogo - de começar a consertar os danos que os próprios Estados Unidos fizeram à sua liberdade de informar e de dar um exemplo positivo para o resto do mundo."


Para demonstrar seu compromisso com a proteção da liberdade de imprensa, a RSF pede a todos os candidatos às eleições de 3 de novembro - presidencial, parlamentar e local - que assinem o #FreedomPressPact e a seguinte declaração:

 

"Comprometo-me a defender os princípios da Primeira Emenda em minhas palavras e ações, na política nacional e internacional e em minha governança, a fim de proteger o papel vital de uma imprensa livre dentro da democracia americana e dar o exemplo na promoção dos valores democráticos em todo o mundo."

 

“O #FreedomPressPact responde à necessidade urgente de os candidatos se apresentarem publicamente como defensores da liberdade de imprensa. No momento de seu primeiro debate, pedimos que o presidente Donald Trump e Joe Biden sejam os primeiros signatários do #FreedomPressPact”, declarou a gerente de advocacy da RSF no escritório dos EUA, Daphne Pellegrino.

 

O desenvolvimento dessa campanha é o resultado de uma colaboração entre a RSF e a agência de comunicação BETC. Ele irá ao ar nos principais meios de comunicação e redes sociais dos EUA - e começará com tuítes ao vivo durante o debate presidencial em 29 de setembro.

 

Os Estados Unidos ocupam a 45a posição entre 180 países no Ranking Mundial da Liberdade de Imprensa estabelecido pela RSF em 2020.