Botsuana

Botsuana

Um novo presidente mais favorável à liberdade de imprensa?

Após a alarmante deterioração da liberdade de imprensa sob o ex-presidente Ian Khama, caracterizada em particular pelas detenções de jornalistas investigativos, um gigantesco ataque cibernético contra um site de notícias e uma queda de oito posições no Ranking Mundial da Liberdade de Imprensa entre 2013 e 2018, o novo presidente é ansiosamente esperado. Desde a sua posse no ano passado, Mokgweetsi Masisi participa com frequência de coletivas de imprensa, algo que o seu antecessor nunca fez durante os seus dez anos no poder, mas ainda não existe lei sobre o acesso à informação pública, algo há muito pedido pelos profissionais do setor. O governo também mantém controle sobre a maior parte da mídia. Os jornais privados são raros e dependem das receitas publicitárias que o Estado escolhe ou não alocar. Um arsenal de leis limita seriamente o trabalho de jornalistas, como a Lei dos Profissionais de Mídia de 2008, acusada pela profissão de limitar a liberdade de informação.

44
na Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2019

Posição

+4

48 em 2018

Pontuação global

-0.20

25.29 em 2018

  • 0
    Jornalistas assassinados em 2019
  • 0
    Jornalistas cidadãos assassinados em 2019
  • 0
    Colaboradores assassinados em 2019
Ver o Barômetro