África

África

A liberdade de informação apresenta prismas contraditórios neste continente, em que podem coexistir, por um lado, a imprensa dinâmica do Senegal e, por outro, o silêncio ensurdecedor da mídia privada na Eritreia. Apesar de uma vaga de liberalização no anos 1990, ainda se verificam com demasiada frequência práticas arbitrárias de censura, exacerbadas nos últimos anos em nome da “luta contra o terrorismo”, e graves atos de violência contra os jornalistas, que geralmente passam impunes. A fragilidade econômica dos meios de comunicação também os expõe a pressões políticas e econômicas, prejudiciais à sua independência.

Contatos